Mudanças na legislação em privacidade de dados

Algumas mudanças da legislação em privacidade de dados foram realizadas. O Regulamento Geral de Proteção de Dados, mais conhecido como GDPR, entra em vigor. A nova regulamentação reforça a noção de consentimento, já presente na França na Lei de Confiança na Economia Digital de 21 de junho de 2004.

Quando um utilizador da Internet disponibiliza parte dos seus dados pessoais, tem agora de saber para que vai ser utilizado, durante quanto tempo serão guardados e se sairá da União Europeia.

Nova Legislação em Privacidade de Dados

Qualquer entidade que trate de dados pessoais deve, portanto, solicitar autorização, justificando a legitimidade da sua utilização. Essas informações devem ser comunicadas ao usuário de forma “compreensível e facilmente acessível, e formulada em termos claros e simples”, especifica o texto da lei. Daí as solicitações recebidas recentemente em seus PCs ou smartphones.

O GDPR também prevê o reconhecimento do direito ao esquecimento para obter a retirada ou apagamento de dados pessoais em caso de invasão de privacidade, o direito à portabilidade de dados, para poder sair de uma rede social para outro, de um fornecedor de serviço de Internet para outro ou de um site de streaming para outro, sem perder a sua informação, o direito a ser informado em caso de violação de dados.

A quem se aplica o GDPR?

Qualquer entidade que recolhe dados pessoais de residentes na União Europeia deve cumprir este texto, quer se trate de uma empresa, uma administração ou mesmo uma associação. Note que o texto não se aplica apenas às organizações estabelecidas na União Europeia: qualquer organização internacional, independentemente da sua localização, que recolhe e trata dados pessoais de cidadãos europeus, deve cumpri-lo.

Quando a privacidade da Internet se torna uma prioridade

O uso de redes sociais e a publicação de conteúdo levantam muitas questões relativas à confidencialidade na web. Alguns não hesitam em analisá-los e levantá-los por vários motivos.

Perfil social

Consultar informações disponíveis nas redes sociais é hoje uma estratégia aplicada por diversos gestores de recursos humanos. “Torna possível” traçar um perfil sobre a simples partilha de informação e qualquer tipo de conteúdo na Internet e em particular através das redes sociais.

No entanto, essa solução moralmente questionável está diretamente ligada à violação da privacidade via web.

Cyberbullying

O compartilhamento de dados pessoais às vezes pode levar a um fenômeno igualmente preocupante: o assédio cibernético. Embora isso possa surpreender alguns leitores, essas perseguições normalmente afetam crianças, mas também adultos (independentemente do sexo).

Às vezes, o assédio cibernético pode levar a consequências caóticas, como suicídio. Este artigo publicado em 2019 no site Leparisien.fr menciona o trágico destino de uma criança de 11 anos perseguida na Internet.

Roubo de identidade nas redes sociais

O roubo de identidade é um caso comprovado e leva a muitos casos graves. A pressão moral, o estresse, a angústia e algumas levando às vezes a uma retirada total levam ao suicídio em casos extremos. Esses problemas ocorrem ao se conectar a redes sociais em redes WiFi inseguras, em particular.

Caso queira conhecer melhor o Untangle, acesse o demo do produto: http://demo.untangle.com

Baixe o E-book 10 ferramentas SSL
Baixe o E-book 50 dicas de segurança de TI
Paulo Henrique Baptista de Oliveira

ciberataques, cibersegurança, cyberbullying, dados, firewall, GDPR, inseguro, legislação, ng firewall, phishing, phishing attack, privacidade, privacidade de dados, proteção, redes, redes sociais, roubo, roubo de identidade, segurança, segurança da informação, segurança empresarial, untangle, wifi


Paulo Henrique Baptista de Oliveira

Empresário do ramo de tecnologia há mais de 18 anos, líder em consultoria, serviços e soluções baseadas na plataforma Linux. Especializações: Segurança, Servidores, Linux, Open Source, SW Livre Parcerias: Untangle e Bacula do Brasil.

selo_associada_assespro-rj

Copyright © 2000 - 2020 - Linux Solutions

Av. Presidente Vargas, 482 - sala 326 - Centro Rio de Janeiro - RJ
21-2526-7262 - contato@linuxsolutions.com.br


Agencia de Crescimento