Como se proteger de documentos maliciosos

Com empresas cada vez mais hiperconectadas, o envio e recebimento de documentos é uma prática comum. Infelizmente, essa rotina criou um tipo específico de malware, os documentos maliciosos.

Esses tipos de documentos são enviados aos montes para empresas e colaboradores, e quase sempre fazem ao menos uma vítima.

De acordo com uma reportagem da Agência Brasil, o Brasil é o país com maior número de vítimas de phishing na internet. A informação significa que ao menos 19,9% dos internautas brasileiros sofreram com links e documentos infectados.

A tática de phishing está atrelada aos documentos maliciosos e dada a importância ao tema, o Untangle Brasil preparou este artigo com todas as informações necessárias para se prevenir diante deste tipo de ataque hacker!

Como definir documentos maliciosos?

Os documentos maliciosos são arquivos em formatos do pacote Office, como doc, docx, ppt, pptx, xls, pdf, entre outros, que estão com malwares presentes.

Uma vez baixados, eles garantem alterações e permitem que o hacker consiga alterar a máquina infectada remotamente.

A partir disso, o cibercriminoso faz alterações, acessa outras máquinas do mesmo sistema ou baixa informações sigilosas de parceiros e clientes.

Na prática, os documentos maliciosos contém códigos que permitem a execução automática de uma série de processos.

Em muitos casos é comum que haja um link externo, outros mais complexos rodam programas automaticamente e ficam com acesso irrestrito e remoto da estação infectada.

Atualmente, este tipo de ataque tem elevado o nível e hoje acontece a partir da associação com grandes desenvolvedores de softwares, como a Microsoft e a Adobe. Nisso, o usuário acredita na reputação da marca e acaba baixando documentos infectados.

Dicas para não baixar documentos maliciosos

É possível se proteger e evitar dores de cabeça com documentos maliciosos a partir de algumas dicas. Muitas delas são simples e podem ser implementadas de imediato.

Veja as 3 dicas para não baixar documentos maliciosos que o Untangle Brasil preparou:

1. Não baixe arquivos imediatamente

A primeira e talvez uma das mais importantes dicas é não baixar arquivos imediatamente. Em muitos casos, o colaborador pode baixar o documento malicioso apenas por hábito e assim criar a oportunidade perfeita para os hackers.

Com isso em mente, é preciso ter em mente que os arquivos não devem ser baixados imediatamente. Pelo contrário, o colaborador deve se certificar que aquele documento realmente se faz necessário.

2. Observe o endereço de email

Os documentos maliciosos costumam ser enviados em spams e por estratégias de phishing. Sendo assim, medidas simples que funcionam com spams também evitam o download dos documentos infectados.

Entre todas as dicas, a mais efetiva é observar o endereço de email com o anexo. Geralmente, os hackers criam variações, como “noreply@microsoft1.com” ou “suporte@adobe.net.br”.

Em casos assim, basta apenas rever o domínio original e descartar o conteúdo caso não esteja exato.

3. Implemente um antivírus multitarefas

Como dito mais acima, documentos maliciosos costumam ser enviados por spams e estratégias de phishing, e hoje bons antivírus já lidam com esta tentativa de ataque hacker.

O Untangle, por exemplo, conta com recursos que ignoram automaticamente emails e links com malwares. Desta forma, a segurança digital fica ainda mais completa.

Além disso, vale destacar que o Untangle é um firewall de código aberto, ou seja, não é necessário grande investimento. Pelo contrário, basta apenas dominá-lo e implementá-lo na empresa!

Caso queira saber mais ou tirar alguma dúvida, baixe o Untangle e veja todas as muitas opções!

Caso queira conhecer melhor o Untangle, acesse o demo do produto: http://demo.untangle.com

Paulo Henrique Baptista de Oliveira

cibersegurança, controle de largura de banda, dinämico, documentos maliciosos, empresas, Lei de Proteção de Dados, proteção, segmentar acesso, segurança, segurança da informação, segurança empresarial, untangle, vazamento de dados, VPN


Paulo Henrique Baptista de Oliveira

Empresário do ramo de tecnologia há mais de 20 anos, líder em consultoria, serviços e soluções baseadas na plataforma Linux. Especializações: Segurança, Servidores, Linux, Open Source, SW Livre Parcerias: Untangle e Bacula do Brasil.

selo_associada_assespro-rj

Copyright © 2000 - 2021 - Linux Solutions

Av. Presidente Vargas, 482 - sala 326 - Centro Rio de Janeiro - RJ
21-2526-7262 - contato@linuxsolutions.com.br

 

Agencia de Crescimento